Durante nossa última expedição aos cenotes mexicanos  fui apresentado a uma das mais interessantes e fantásticas formações de espeleotemas do mundo o Cenote Zapote.

O local foi nomeado assim devido as árvores Sapote que crescem em suas proximidades, suas formações são conhecidas também como Hells Bells, (sinos do inferno) devido ao formato parecido com sinos de sua decoração, além da aura sinistra que a baixa visibilidade e os gases da nuvem de sulfeto que transformam o lugar em cenário de filme de terror.

Zapote está localizado na “Ruta de los cenotes” na estrada velha que vai de Puerto Morelos para Valladolid. 

Zapote não é exatamente uma caverna e sim uma dolina, sua entrada fica em um fosso de 6 metros, mas seu acesso é fácil através de escadas, a profundidade máxima chega a 55 metros, mas as formações de maior interesse estão entre os 35 e 40 metros de profundidade.

Não é um mergulho fácil devido a profundidade, é preciso ter uma excelente flutuabilidade, e para maximizar o tempo de fundo e descompressão usamos EAN 28 (fundo) e EAN 50 e oxigênio 100% (Deco). 

A Dolina tem um formato de funil estreita no inicio e se alargando aos 27 metros, onde se iniciam as formações, aos 33 metros tinha uma nuvem de sulfeto de hidrogênio, que da um aspecto bem sinistro e surreal ao local. 

Existe um cabo guia que faz o circuito ao redor da Dolina e ajuda aos mergulhadores a não perderem a referência e se perderem entre as formações.

Fotografar e filmar nesse local é um desafio e tanto devido a água leitosa e a nuvem de sulfeto que prejudicam bastante a iluminação e o foco da câmera, mas superando os desafios e com as técnicas corretas foi possível registrar esse mundo de forma satisfatória, mas é impossível passar a mesma sensação do que ao vivo e a cores.

Fizemos um bom tempo de fundo com uma longa descompressão na volta, o que me deu tempo de sobra para explorar bem as formações, a sensação é a de estar em outro planeta, no limbo, é um lugar único no mundo.

Contamos com a ajuda e o apoio do Robbie da Xibalba dive center que nos acompanhou e serviu de guia, além de fornecer toda a infra para o mergulho.

É necessário pagar uma taxa para mergulhar no local que pode ser acertada diretamente com os guias locais que tomam conta do cenote. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *