Tobago é uma joia bruta a ser explorada nas águas cristalinas do Caribe. Uma ilha  pouco visitada por Brasileiros, antiga colônia Britânica, e que merece nossa atenção quando o assunto é mergulho. 

Tive a oportunidade de participar de uma viagem a convite do governo de Trinidad & Tobago para conhecer um pouco das belezas naturais dessa ilha e registrar minha experiência.  Confesso que ao receber o convite, o que me passou pela cabeça foi: bom “Ok”, mais uma ilha do Caribe para carimbar meu passaporte. 

Fui sem esperar muita coisa, apesar de ter feito uma breve pesquisa sobre os pontos de mergulho e o que seria possível encontrar por lá, dos vários reviews positivos, ainda assim segui meio cético em relação ã qualidade dos mergulhos.

Após um breve e confortável voo, operado pela Gol, com 5 horas e meia de duração, uma hora de parada, e mais 25 minutos de voo entre Barbados e Tobago, sem necessidade de descer ou trocar de aeronave, chegamos ao paraíso. Vôo excelente, com ótimo custo benefício, ponto para a Gol.

Desembarcamos no Aeroporto Internacional de Tobago, em Crown Point, cerca de 11 km da capital Scarborough. Fomos recepcionados como celebridades pela imprensa local, que aguardava o vôo inaugural da Gol, os operadores e imprensa brasileira. Concedemos entrevistas no aeroporto e seguimos para o nosso Hotel, o Magdalena Resort, onde outra recepção nos aguardava com um happy hour seguido de jantar com os operadores e representantes do turismo local. 

Um especial agradecimento a Christopher James, presidente da associação de turismo e hotelaria da ilha e a Theodore Greig, Ted para os íntimos, que nos acompanhou durante toda nossa estadia.

Conversei muito com o sr. Derek Chung e a sra. Evelyn Chung, donos da Undersea Tobago, uma das melhores operadoras da ilha, localizada dentro do Coco Reef Hotel e do Magdalena Hotel. Além disso, são os representantes das operadoras de mergulho locais. 

Derek foi o nosso guia no que se referia a parte de mergulho da viagem, e pela conversa preliminar o mergulho já prometia ser bem legal!!

Sobre Tobago

Ao norte da costa da América do Sul, a pequena ilha caribenha Tobago é a segunda ilha da República de Trinidad & Tobago. Com 300 km² e localizada a 33 Km à nordeste de Trinidad, a ilha de Tobago é a ilha mais ao sul do Caribe. Mais de 60% da ilha é coberta pela floresta da reserva de Main Ridge, que já foi considerada um dos principais destinos de turismo ecológico do mundo.

Trinidad e Tobago possui a terceira maior renda per capita das Américas, atrás dos EUA e do Canadá. O país possui índice de desenvolvimento humano (IDH) elevado e, ao contrário da maior parte das demais nações e territórios caribenhos com economias dependentes de turismo e agricultura, Trinidad e Tobago possui e explora amplas reservas de gás natural e petróleo.

A capital de Tobago é Scarborough, que tem uma população de cerca de 17 mil habitantes (enquanto a ilha toda tem por volta de 54 mil habitantes). É a maior cidade de Tobago e a segunda maior de Trinidad e Tobago. 

A vida noturna de Scarborough não é tão agitada quanto Porto Espanha, em Trinidad, mas também há atrativos como restaurantes, bares, cassinos e karaokês.

Com clima tropical marítimo e temperaturas que variam 23°C a 32°C, os primeiros 6 meses do ano são mais secos, já de julho a dezembro chove mais.

Os principais atrativos de Tobago são as praias desertas e isoladas, cachoeiras e o mergulho, com recifes de corais bem coloridos e repletos de vida marinha. 

Apesar das atrações “selvagens”, Tobago tem toda uma infra-estrutura hoteleira com sofisticadas acomodações e suporte para os passeios e atividades.

O país está fora da zona de furacões caribenha, que paralisa o turismo em boa parte da região entre os meses de julho e novembro.

O QUE FAZER

Ecoturismo e turismo de aventura são o ponto forte da ilha. As praias de águas cristalinas competem em beleza entre si. As mais belas e conhecidas de Tobago são Bucco Reef e Bon Accord Lagoon, Nylon Pool, Englishman’s Bay, Pigeon Point, Campleton Bay, Parlatuvier Bay, Bacolet Bay, Back Bay, Castara Bay, Speyside, King Peter’s Bay, Lovers Bay, Bateaux Bay e Store Bay Beach.

Além das praias, não dá para deixar de conhecer a reserva florestal de Main Ridge, que é a mais antiga floresta protegida do ocidente. A floresta cobre dois terços da ilha e abriga uma incrível diversidade de flora e fauna. São 220 espécies de pássaros, o que também torna Tobago um destino procurado para a prática de birdwatching (observação de aves). Fica mais fácil observar as aves nos santuários de proteção da fauna da ilha. O mais conhecido deles é o Grafton Caledonia Wildlife Sanctuary.

As Tartarugas de Couro (leatherback sea turtle) também são marca registrada de Tobago. Essa espécie (Dermochelys coriacea) é a maior do mundo e muito diferente das outras tartarugas, medindo cerca de 2m de comprimento e 1,5m de largura, e pode pesar até 700kg. Além do tamanho, ela se difere pelo seu casco de tecido macio. Elas estão em extinção no mundo todo, mas ainda vão se reproduzir em Tobago. Todo ano, de março a junho, as gigantes tartarugas aparecem nas praias do norte de Tobago, como Arnos Vale e Great Courland Bay.

O MERGULHO

Um paraíso para os mergulhadores, o mar de Tobago nos dá a sensação de natureza intocada. Quem mergulha por lá sente estar em um lugar nunca antes explorado pelo homem. Os recifes são bem saudáveis, coloridos e repletos de vida marinha, grande e pequena. 

Devido às fortes correntes, o mergulho em Tobago é predominantemente em drift. O mundo subaquático de Tobago se caracteriza por longos recifes, naufrágios, enormes formações rochosas, paredes verticais, planícies e desfiladeiros impressionantes, onde milhões de corais e esponjas crescem. 

Há cerca de 300 espécies de coral documentadas nas águas de Tobago, incluindo a maior colônia de coral cérebro do Caribe. 

Raias, barracudas, tarpões, tartarugas, peixes-papagaio, tubarões e cerca de 700 espécies de peixes de recife são apenas alguns dos habitantes subaquáticos que podemos encontrar. 

A área em volta das ilhas de Saint Giles é particularmente cheia de excelentes pontos de mergulho. Aqui o Oceano Atlântico colide com o mar do Caribe, trazendo correntes fortes e águas ricas em plâncton, que atraem alguns dos maiores pelágicos para Tobago. Na costa sudeste estão a excepcionalmente clara Nylon Pool e o Parque Nacional do Buccoo Reef, perfeitos para prática do snorkeling. 

No lado norte de Tobago locais como Japanese Garden e Kamikaze Cut, London Bridge, Kelleston Drain e Blackjack Hole proporcionam mergulhos emocionantes e memoráveis. 

De março a julho é a época das raias mantas gigantes em Manta Reef, podendo também encontrar golfinhos, tartarugas e tubarões. 

Com visibilidade média de 15 a 20 metros (chegando a mais de 30m na estação seca) e a temperatura média da água entre 25 e 28°C, Tobago é uma excelente ilha para mergulhar. 

Independentemente do nível de experiência, tanto para principiantes ou avançados, as águas de Tobago oferecem oportunidades de mergulho fantásticas. A ilha oferece diversos operadores de mergulho, e a maioria dos pontos de mergulho estão a menos de 15 minutos de barco. 

A estação seca, de Fevereiro a Agosto, é a melhor época para visitar Tobago, mas o mergulho é bom o ano todo.

Um dos pontos de destaque da ilha é o naufrágio do Navio Maverick, um enorme ferry boat que hoje abriga abundante vida marinha. O navio encontra-se em posição de navegação a 30 metros de profundidade, parte de sua estrutura encontra-se intacta ainda, proporcionando penetração em seus porões e salas de máquina. Com certeza um dos meus mergulhos favoritos na ilha.

Quem vem a Tobago para mergulhar, sem dúvida alguma deve ir à Speyside. Os melhores pontos de mergulho ficam a apenas 10 minutos do pier do hotel Blue Waters. Dos 41 pontos de mergulho contidos em toda a ilha, mais de 15 deles estão nesta região. Aqui a formação rochosa e as fortes correntes fazem a visibilidade ser melhor e a possibilidade de encontrar raias mantas, raias chitas, tartarugas e tubarões, muito maior.

Speyside Inn

É uma pequena vila de pescadores. Speyside começou a ser freqüentada por turistas em meados do século XX, quando um engenho de açúcar se transformou em um grande hotel, o Blue Water Resort. 

Um cenário sensacional, logo em frente fica a Goat Island e Little Tobago. Esta é uma grande ilha que nos idos de 1800 abrigava uma plantação de algodão, e no início do século XX tornou-se a Ilha dos Pássaros do Paraíso. O britânico Sir Willian Ingram, apaixonado por aves, importou da Papua Nova Guiné mais de 50 espécies de aves e criou um santuário para a proteção destas aves em extinção, mas um furacão em 1963 dizimou a maioria dos pássaros e seu habitat. Hoje o governo administra a ilha, mantendo o projeto de Sir Ingram, porém com aves nativas. 

No caminho do Blue Waters estão as ruínas de um engenho de açúcar e em um pequeno mirante podemos ter uma vista panorâmica da belíssima baía. Do alto, a vista da praia é sensacional, principalmente quando o sol ilumina as águas azul-esverdeadas da baía do Blue Water.

Além das opções de eco turismo, Tobago tem alguns sítios históricos. O mais famoso deles é o Forte “King George”. Localizado em Scarborough, ele foi construído em 1780 pelos britânicos que governavam a ilha na época. O forte preservado recebe turistas e abriga um museu sobre a história de Tobago.

COMO CHEGAR

A melhor opção é a partir de São Paulo, por um vôo da Gol que sai todo sábado.

Os voos serão operados uma vez por semana a partir de Guarulhos, com escala em Barbados, partindo do Brasil aos sábados e retornando aos domingos. 

  • Idioma: Chinês, Inglês, Francês, Híndi, Espanhol
  • Câmbio: Dólar de Trinidad e Tobago
  • Brasileiros não necessitam visto de entrada no país
  • Saúde e Segurança: As vacinas contra a hepatite A, tétano, difteria, raiva, febre amarela, tuberculose e hepatite B são recomendadas. Evite as picadas de mosquitos. Para mais informações contacte o seu médico antes de viajar.
  • A ilha de Tobago é bem tranquila e segura, diferente de Trinidad.
  • Fuso Horário UTC – 4h
  • Eletricidade: 115/60Hz, tomadas do tipo norte-americanas.

Outras informações:

Em caso de emergência, existe uma câmara hiperbárica em Roxborough, Tobago.

Dica importante, em Tobago é proibido o uso de roupas camufladas, sendo essas exclusivas de uso das forças armadas. Portanto não leve a sua calça ou camiseta camuflada sob o risco de ter de tirar no meio da rua e levar uma bela reprimenda por parte dos militares.

Agradecimento especial ao Flávio Sampaio e a Veridiana Pacheco, Diretores da BOP Comunicação e representantes do Turismo de Tobago no Brasil, que nos atenderam e acompanharam durante toda a trip, ajustando os itinerários e resolvendo qualquer pepino no meio do caminho.

Bons mergulhos e aproveitem a ilha !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *