Texto e fotos: Kadu Pinheiro

A ilha de Cocos foi declarada Parque Nacional em 1997 e classificada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, devido a sua inigualável beleza natural e riqueza biológica.

Okeanos Aggressor

A Costa Rica é um dos destinos de férias mais desejados para quem for apreciador de paisagem, vida animal e muita adrenalina. Este país foi abençoado com uma impressionante variedade geográfica, que resultou numa ainda mais impressionante variedade de espécies de animais e vegetais, tanto terrestres, como marinhas. Imagine um dia passado em plena selva tropical, depois num labirinto de vales e cursos de água, depois fazer rappel, depois um banho numa baía espectacular, e por aí fora. Com tempo e planejamento a Costa Rica é um destino de infindáveis atividades, sempre em estreito contato com a sua fabulosa riqueza natural.

Mas como mergulhadores, o nosso foco é a ilha de Cocos, um dos melhores pontos de mergulho do mundo. Esta pequena ilha perdida no meio do oceano pacífico, é um dos Parques Nacionais da Costa Rica, e como tal, muito bem conservado e com fortes medidas protecionistas. Existem poucos locais no mundo tão bons para ver cardumes de Tubarões martelo, como em Cocos. É uma viagem dura, com aproximadamente 40 horas de navegação, mas que valem cada minuto. A vida animal que habita aquelas águas é algo extraordinário. São cardumes de pelágicos a perder de vista, algo que normalmente vemos apenas no nosso imaginário. 

Ondulações e mal tempo durante a travessia são comuns, fazendo com que a travessia até Ilha não seja das mais prazeirosas, mas chegando em águas abrigadas os ânimos se refizazem e todos começaram a se preparar para a aventura, máquinas fotógraficas e equipamentos de mergulho prontos, briefing, checagem e burocracias feitas com a administração do parque, e após assistir uma palestra dos rangers que tomam conta do parque, todos estarão prontos para cair na água.

Normalmente o Check dive acontece em um dos melhores pontos da Ilha: Manuelita, e com facilidade você vai ver martelos, arraias, white tips e até mesmo tubarões Tigre que estão cada vez mais abundantes nessa área, uma prévia do que se pode ver durante uma semana de imersões, e um comentário de nosso guia o Capitão do Agressor após o mergulho descreve bem o sentimento: “Welcome to Cocos guys !”

Os mergulhos

Falando um pouco de forma generalizada e muito direta, os mergulhos em Cocos são “diferentes”. A topologia submersa da ilha é extremamente irregular, tendo em conta a sua origem vulcânica. Conte com pontos de mergulho vindos de outro planeta, com paredes verticais, encostas, enseadas, arcos, túneis, passagens, cavernas, etc, e muita, mas muita vida mesmo !!

As correntes poderão ser quase uma constante, então a maioria dos mergulhos é em drift, com termoclinas e enormes cardumes pelo caminho. Com profundidades desde os seis aos quarenta metros, tudo é possível. 

No entanto, Cocos é claramente um destino para mergulhadores com bastante experiência, dado o grau de exigência da maior parte dos pontos. Corrente, corrente e mais corrente, muita adrenalina, controle de profundidade, limites não-descompressivos, mergulhos no meio do azul (e de cardumes de peixe!…), tudo isto irá fazer com que ponha em prática tudo aquilo que aprendeu em todos os seus anos de mergulho, os cabeços submersos são outro destaque, são pequenas formações submersas, ao redor da ilha de Cocos, onde podemos presenciar muita ação. As melhores estações de limpeza estão nesses cabeços.

Quem vai para Cocos, nem sequer pensa em ver pequenas criaturas, mas você também poderá encontrá-las, como o famoso casal de peixes sapo que fica na ancora de Manuelita, mas o forte do pico está no azul. com alguma sorte, poderá ver Tubarões Baleia, Mantas, Tubarões Tigre, Raias, Barracudas, Golfinhos e cardumes de Tubarões Martelo. 

Existem relatos de cardumes com mais de 500 tubarões com certeza pode ser o mergulho da sua vida, os cardumes de Jackfish são imensos e bem ativos. E você poderá estar lá no meio…, mas cuidado, é fácil perder a referência no azul Nas paredes de rocha avistamos Moreias, Lagostas, cardumes residentes de algumas espécies tropicais, Tartarugas, etc. São as cores que completam o cardápio de mergulhos.

Nossos pontos preferidos foram:

Manuelita: 

O número 1 na opinião de todos, encontros com enormes tigres, martelos, tubarões de galápagos raias, de tudo um pouco, além do surreal mergulho noturno com o frenesi alimentar de centenas de tubarões pontas branca de recife ensandecidos e caçando com a ajuda de nossas luzes, nenhum peixe estava seguro, uma das experiências mais intensas da viagem com certeza. 

Os enormes Black Jacks, são muito mais espertos e acertivos do que os tubarões e acabam roubando a cena durante o mergulho noturno, com botes certeiros não deixavam nenhum peixe escapar enquanto dezenas de tubarões ficavam como tontos procurando rastro do peixe abocanhado pelo bonitão ai, e para completar a emoção um enorme tigre de 4 metros rondando o mergulho, se mostrando sorrateiramente e dando vários sustos na galera, mostrando a cara e sumindo no escuro da noite, para voltar a aparecer do outro lado…tenso.

Dirty Rock: 

Ponto que fica na costa oeste da ilha de Cocos, um dos mergulhos mais dinâmicos, com 3 estações de limpeza destintas, repetimos várias vezes durante a semana e foi palco de grandes encontros com cardumes de martelos, e todo o time pode colocar em prática as dicas para fotografar esse belos animais, o que resultou em grandes fotos da grande maioria dos meus alunos !!

Alcyone:

Outro excelente ponto, fica na costa leste da ilha de Cocos e os operadores locais afirmam que é um dos melhores mergulhos do mundo, estação de limpeza para tubarões martelo e possibilidade de avistar tigres tubarões de galápagos, tubarões baleia e toda sorte de pelágicos, mas prepare-se para fortes correntes e um mergulho muito rock in roll. 

Dos Amigos Big:

Uma formação de rochas com um arco enorme que da passagem para o outro lado da ilhota, enormes cardumes, tubarões ponta branca e um visual de outro planeta.

Casos de mergulhadores a deriva não são raros e podem terminar mal, o USO De dispositivos GPS fornecidos pelos barcos ou pessoais é altamente recomendado e incentivado   

Isso nos lembra o quanto somos vulneráveis e o quanto devemos estar atentos a todas as regras de segurança explicadas durante o Briefing, aqui o mergulho não é para crianças, Cocos é onde se vê a diferença de um mergulhador bem preparado e um iniciante.

Desembarcar na ilha é obrigatório, com um visual a lá Jurassic Park é possível usufruir da paisagem e da praia onde até uma partida de futebol rolou com a tripulação do Aggressor e os clientes, divertido e serviu para quebrar o clima da semana e descontrair bastante, na ilha funciona uma “Ranger Station” com guarda parques responsáveis por fiscalizar todo o entorno do parque, e dar suporte para equipes de pesquisadores que vem para a ilha para realizar diversos estudos.

Melhor época:

Recomendamos que faça a sua viagem entre Maio e Outubro, que é quando existe uma maior concentração de pelágicos. Mas nem tudo são flores, esta é também a estação das chuvas, por outro lado, a água está mais quente. Se for entre Novembro e Abril, fará uma travessia mais calma, terá melhor visibilidade, mas terá menos vida durante os mergulhos. 

Como chegar:

Via Panamá voando copa, é a melhor opção, recomenda-se passar uma noite na ida e uma na volta em San José, por conta de atrasos e horários de saída para o transfer até o porto em Puntarenas de onde saem os barcos para Cocos.

Será um percurso de duas horas e meia, em meio a uma paisagem espectacular. No final da viagem, será levado de novo ao seu hotel e no dia seguinte terá um transfer para o aeroporto. Todos estes serviços poderão ser efectuados pelo próprio operador de mergulho, desde que se hospede nos hotéis recomendados pelo operador em San José. 

Embarcações

O Okeanos Aggressor, com 33 metros de comprimento, velocidade de cruzeiro de 10 nós, com 10 cabines para um total de 22 passageiros, Todas as cabines têm banheiro privativo, com ducha de água quente, o barco ainda conta com solário, sala de estar com televisão, sala de refeições, zonas para arrumar todo o equipamento, áreas reservadas ao equipamento de fotografia e de vídeo, tanques de lavagem, etc. nitrox está disponível a bordo, e é quase que um item obrigatório para usufruir dos mergulhos com segurança e sem limitar ao extremo o tempo de fundo, pois na maioria das estações de limpeza a profundidade média é de 27 a 30 metros

Temperatura e visibilidade 

A Ilha de Cocos está em plena faixa tropical, ou seja chove muito no verão, razão pela qual Cocos tem tanta vida residente. Falando da temperatura da água, esta zona é muito influenciada por correntes fortes, que por sua vez condicionam o gráfico de temperaturas. Conte com um intervalo entre os 23º e os 25º durante o inverno e entre os 26º e os 29º no verão. 

Conte também com muitas termoclinas! roupas de 5mm ou de 7mm dependendo da sua tolerância ao frio, eu recomendo uma semi seca de 7mm para mergulhar com conforto, melhor passar um pouco de calor as vezes do que muito frio em certos pontos. Quanto a visibilidade, vária  muito dependendo da época do ano, da chuva, do plâncton, etc. 18 a 20 metros na pior das opções mas lembrando que baixa visibilidade e muito plancton quer dizer muito mais vida.

Cuidados de saúde

Leve um bom kit de primeiros socorros, medicamentos de uso contínuo, protetor solar e repelentes, faça um check up antes de viajar inclusive dentário, você não vai querer ter algum problema a 40 horas de navegação da costa.

Formalidades 

Ter um passaporte válido por um período de pelo menos seis meses a contar da data de chegada. Não necessita de visto de entrada, vacina contra febre amarela obrigatória para Brasileiros. 

A Costa Rica

Não deixe de tirar pelo menos um dia para fazer um passeio na Raiw Forest, existem várias opções perto de San Jose a não mais que 2 ou 3 horas de carro, consulte no hotel e planeje seus dias livres na ida ou na volta, a biodiversidade do país é incrível e vai desde pequenas pererecas coloridas até grandes crocodilos !!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *