Texto e fotos: Kadu Pinheiro

Mergulhar em Curaçao pode ser uma gratificante surpresa até para quem está acostumado a fazer mergulhos “top” no mundo inteiro.

Curaçao é uma ilha é paradisíaca, que nos convida ao esquecimento, de tudo e de todos. Um lugar onde podemos deixar todos os problemas e preocupações para traz e desfrutar desse paraíso no caribe, com pontos de mergulho variados, naufrágios, paredes, mergulhos com golfinhos, águas azuis e visibilidade que chega facilmente aos 40 metros, com pontos de mergulho a menos de 15 minutos de navegação e uma estrutura hoteleira e de lazer de fazer inveja a qualquer outra ilha do Caribe. Assim é Curaçao, um programa para a família, para os solteiros, para os casais apaixonados, escolha entre as várias opções de hospedagem e de lazer e desfrute de sua hospitalidade.

A história de Curaçao começa em 1499, durante a terceira viagem de exploração do novo mundo por Cristóvão Colombo. Ao desembarcarem, sob o comando de Alonso Ojeda, os marinheiros tornaram-se os primeiros europeus a pisar em Curaçao.

Na época do descobrimento, a ilha era habitada por índios altos e robustos e, por isso, Alonso Ojeda denominou-o local de a “Ilha dos Gigantes”, e algum tempo depois passou a ser chamada de Curaçao.

Existem três hipóteses para essa mudança. A primeira, porque os marinheiros abandonados na ilha curaram-se do escorbuto e passaram a chamá-la “isla de curación”. A segunda é que o nome seja proveniente da palavra portuguesa “coração”, porque mercadores portugueses consideravam a ilha o coração da região e a última é que o nome tenha sido dado em homenagem ao Sagrado Coração de Maria.

Logo após o descobrimento, os espanhóis estavam sempre na ilha à procura de pedras preciosas. Depois, Holanda, França e Inglaterra também começaram a disputar sua posse, pois consideravam a ilha um ponto comercial estratégico entre a Europa e a América.

Em 1634, Curaçao transformou-se numa colônia holandesa e, em 1815, um tratado internacional deu a posse definitiva para a Holanda. Em 1954, o governo de Curaçao tornou-se autônomo, deixando de ser colônia.

Considerada a principal ilha entre as cinco que formam as Antilhas Holandesas, Curaçao tem a pitoresca e cosmopolita Willemstad como capital. Com uma belíssima arquitetura colonial holandesa e animado comércio, desde 1997 a cidade é considerada, pela Unesco, Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

Informações Gerais

Também conhecida como a “Holanda do Caribe”, a ilha de Curaçao fica ao Sul do Caribe, a 60 km da costa da Venezuela.

Com relação ao fuso horário, os turistas brasileiros não têm muito a estranhar, pois Curaçao possui apenas uma hora a menos de diferença em relação à hora oficial de Brasília (ou duas horas no horário de verão).

A ilha compreende uma área de 472 km2, ou seja, praticamente o mesmo tamanho de Florianópolis. Ao todo são 38 praias e 40 baías, que podem ser desfrutadas sob um sol que brilha praticamente o ano inteiro. As águas são cristalinas e azuis, com temperaturas que variam entre 23 e 25 graus centígrados. A visibilidade atinge 40 metros de profundidade.

Metade dos 150 mil habitantes concentra-se na capital Willemstad, que é cortada ao meio pela Baía de Santa Ana, dividindo-se em duas partes: Otrobanda (residencial) e Punda (comercial e turísticas). É em Willemstad que fica o centro comercial, industrial e bancário. A arquitetura tipicamente colonial em cores vivas e os moinhos de vento com características holandesas também são uma ótima atração para os turistas.

Os curaçolenhos, sempre simpáticos e ótimos anfitriões, são os que mais aproveitam as belezas e a cultura de sua terra. A alegria dos nativos contagia os turistas.

Curaçao possui três pontes, a mais interessante é a ponte Emma (homenagem à avó da rainha-mãe Juliana), uma ponte móvel que flutua sobre botes para a passagem de barcos e navios. Foi inteiramente construída em metal e serve como passagem apenas para pedestres. Desde 1888, ela une Punda e Otrobanda. É a maior ponte móvel do mundo.

Melhor Opção de Compras

De Breedestraat, De Heerenstraat e Madurostraat são consideradas as ruas mais famosas da capital. Possuem um farto comércio de eletroeletrônicos, perfumes, joias, relógios, roupas e equipamentos de informática e atraem a atenção dos turistas.

Quem não ficar satisfeito pode seguir até a Zona Franca, onde os preços são ainda menores. Neste caso, as compras só podem ser feitas no atacado.

O “Mercado Flutuante” também é parada obrigatória para os consumistas. Localizado no Cais de Sha Capriles, o mercado é composto por vários barcos cobertos por lonas multicoloridas, onde se pode encontrar frutas, verduras e legumes vindos da Venezuela, além de roupas e utensílios em geral.

O florim é a moeda oficial de Curaçao e vale cerca de 1,75 em relação ao dólar, que também é aceito em todas as lojas e restaurantes.

Típicos de Curaçao

A cozinha de Curaçao baseia-se, principalmente, em peixes e frutos do mar, mas também há muitos restaurantes de cozinha internacional.

Jambo (espécie de feijoada de quiabo), Bestia Chiki (cabrito ao molho, acompanhado com arroz mouro com lentilha, quiabo e banana frita), Sopito (peixe com creme de coco), Karni Stoba (carne ensopada) e sopa de Iguana são alguns dos pratos mais tradicionais, que valem a pena saborear. Para a sobremesa, Quesilho (pudim de caramelo) e Casjupete (bolo preto) são as melhores pedidas.

Para beber, Fruit Punch (uma mistura de suco de abacaxi e suco de laranja, com um pouco de Grenadine não alcoólico) e a famosa Pina Colada são as mais indicadas depois da Amstel, a conhecida cerveja holandesa fermentada em Curaçao. Considerada uma das melhores do mundo, a Amstel é a única feita com água dessalinizada.

Um produto que os turistas não podem deixar de experimentar e de adquirir é o licor que leva o nome da ilha. Quem não ouviu falar no Licor de Curaçao? Ele é fabricado em diversas tonalidades, mas o mais conhecido é o de cor azul. É uma receita original, produzida a partir da fermentação do óleo retirado de cascas de laranja. O sabor é inigualável.

Quando o sol se põe

A música é o que faz a diferença nas noites de Curaçao. Os hotéis oferecem shows folclóricos e musicais, embalados principalmente pela rumba, salsa e merengue. Mas há uma programação muito variada que agrada todos os gostos.

Quem se dispõe a apostar na sorte, as roletas e os caça-níqueis são os mais procurados e podem ser encontrados em todos os hotéis.

Programas

Além dos programas noturnos e praias paradisíacas, quem escolhe Curaçao como roteiro de férias também acaba por optar por uma gama de outros programas culturais e de entretenimento.

Imperdíveis também são as Cavernas Hato, que ficam no interior da ilha. Local onde os escravos se escondiam dos colonizadores, as cavernas estendem-se por uma área de 4 900 m2, mas só uma parte é aberta aos visitantes. Estalactites e estalagmites são visões comuns nas cavernas. Incrustações de quartzo, corais e conchas marítimas também compensam as caminhadas enfrentadas pelos turistas, sempre acompanhados por um guia.

Outras atrações turísticas de Curaçao são os Fortes Militares e o Cemitério Beth Haim, o mais antigo do Hemisfério Sul, que possui lápides gravadas em português e em hebraico.

Festas e Festivais

Curaçao vive em clima de festa. Tanto é verdade que, durante todo o ano, são realizados vários eventos, entre eles, os Festivais de Carnaval, de Tumba, de Jazz, de Cinema e Televisão. Festas Folclóricas e torneios esportivos, como o Torneio Internacional de Tênis e Regata Internacional de Veleiros, completam o clima de euforia.

E, no final do ano, exatamente em novembro começa a Festa de Saint Nicholas, o nosso famoso Papai Noel. Ele chega a bordo de um veleiro e sai distribuindo doces e presentes às crianças nas ruas da cidade de Willemstad.

Durante o ano inteiro, discotecas não faltam para alegrar as noites de curaçolenhos e turistas. Boas sugestões para quem gosta de curtir a noite são:  TMF, HOOKS HUT, ZANZI BAR, DE HEERENS, ASIA DE CUBA E MAMBO BEACH.

O melhor de Curaçao

O cenário é simplesmente sedutor. São quilômetros da mais bela paisagem natural, composta por águas azul-turquesa, passando por verde esmeralda e terminando no azul marinho em alto mar.

As praias do norte são consideradas impróprias para o banho, pois possuem águas-vivas e muitas rochas. As do sul, entretanto, são ótimas para o banho de mar. A praia de Kenepa é uma delas.

Como a densidade pluviométrica é muito baixa (500 mm por ano), o céu está sempre azul. As temperaturas são altas, não ficando abaixo dos 23 graus centígrados.

O carro é fundamental para o acesso às águas cristalinas de Lagun, Westpunt, Baia Beach, Jeremi, Santu Pretu, San Nicolas, Jan Thiel e Daaibooi. A visita a estas praias deve, obrigatoriamente, fazer parte do roteiro de viagem dos turistas.

Pontos de Mergulho

Superior Producer:foi eleito pela Sport Diver Magazine como um dos melhores mergulhos de naufrágio do Caribe. É um navio cargueiro afundado em dezembro de 1977, está em posição de navegação a uma profundidade de 30 metros. O mergulho nele nem sempre é possível, pois está numa região com intenso trafego de navios de cruzeiro, consulte a operadora a respeito das melhores datas para visitar o naufrágio. O embarcação está coberta de corais e geralmente é possível avistar grandes barracudas patrulhando os arredores. É possível realizar pequenas penetrações em seus porões e sala de comando.

Mushroom Forest: um dos mais famosos pontos de mergulho de Curaçao, composto por formações de corais duros que se assemelham muito a cogumelos, dando a aparência de uma floresta ao local. Musshroom Forest ée é rico em vida marinha; pequenos cardumes, moreias verdes, esponjas e corais coloridos completam esse cenário. O ponto alto é uma caverna chamada Blue Room, que pode ser visitada ao final do mergulho para um belíssimo snorkel.

Klein Curaçao e East Point: uma pequena ilha mais distante com navegação mais complicada, não aconselhada para quem tem problemas de enjôo. O lugar é bem selvagem e inabitado, onde é possível visitar ruínas de um farol e de um naufrágio encalhado na arei. Água cristalina, paredes forradas de vida, tartarugas e arraias são comumente avistadas durante o mergulho.

Dolphin Dive: Mergulho realizado em conjunto com a Dolphin Academy de Curaçao; é um mergulho especial onde se tem a oportunidade de mergulhar com golfinhos acostumados a interagir com seres humanos em seu ambiente natural, é uma experiência maravilhosa passar 40 minutos interagindo com um dos animais mais inteligentes do mundo, realmente muito emocionante, vale cada centavo.

Quem não quiser se arriscar com o mergulho, pode presenciar toda a beleza marítima nos 70 aquários gigantes existentes do Seaquarium. Os visitantes também podem visitar o parque submarino através de uma lancha com o fundo de vidro, esqui-aquático, jet-ski, snorkel e caça submarina também são esportes comuns na Ilha.

E aos aventureiros conhecer a operação do submarino da Substation Curaçao, realizando um mergulho a 155 metros de profundidade, para observar um lado diferente de curaçao, naufrágios e paredões profundos com criaturas diferentes e todo o clima de “O Segredo do Abismo”. Foi um sonho de criança realizado, uma experiência bem diferente e empolgante que pode ser feita por qualquer um. O submarino tem saídas específicas para levar turistas num passeio que pode durar até duas horas, com capacidade para quatro pessoas: três passageiros e um tripulante.

Paixão por Futebol

Pode-se dizer que a maior torcida para o futebol brasileiro, no exterior, é composta pelo povo de Curaçao. Eles torcem pelo Brasil na Copa do Mundo e ficam ligados nas partidas dos Campeonatos Paulista e Brasileiro, através de antenas parabólicas.

Hospedagem e Transporte

Os hotéis ao longo da ilha, na sua maioria de 3 a 5 estrelas, possuem toda infra-estrutura necessária para os hóspedes. As diárias variam de US$ 100 a US$ 300.

Entre eles: Lions Dive Beach Resort, que tem atendimento nota 10 e completa infra estrutura para mergulho. Possui um dive center com estrutura para cursos e saídas regulares de mergulho com a Ocean Encounters, a maior operadora de mergulho da ilha. É possível fazer mergulho de praia a cinco minutos do seu quarto, ótima pedida !!

Uma especial recomendação para o novíssimo Santa Barbara Beach & Golf Resort, um 5 estrelas com todas as estrelas, atendimento impecável, uma cozinha  internacional excelente, dive center e estrutura completa de lazer.

Todos os hotéis contam com um pessoal capacitado para oferecer o melhor atendimento. O turista pode escolher o tipo de hospedagem que mais lhe agrada. As opções vão do clássico e confortável estilo americano ao acolhedor e romântico estilo francês.

Transporte também não é problema. Todos os hotéis possuem peruas (vans) que podem transportar seus hóspedes ao centro da cidade gratuitamente.

Os táxis de Curaçao não possuem taxímetro, o que significa que o turista pode negociar o preço com os taxistas para fazer seus passeios pela Ilha. Os hotéis oferecem telefones e indicações de várias empresas especializadas em tours pela Ilha, alem disso é possível alugar um carro e ter autonomia para circular pela ilha sem horários e destino pré-determinados.

Além do Inglês e do Holandês, o papiamento é a língua oficial. Para o turista brasileiro é fácil compreender a língua falada pelos Curaçolenhos – o papiamentoque deriva de “papiar”. Além da escrita, a sonoridade da língua é próxima do português, quando falado lentamente.

Seguem alguns exemplos: bon bini (bem-vindo), que você verá em todos os lugares e em todas as placas de táxis; ta mashá caro (está muito caro); ta mashá barato (está muito barato); kon ta bai? (Como vai?); Mi ta mashá bom (Eu estou muito bem); Basta bom, danki (bem, obrigado).

A economia da ilha gira basicamente em torno da Refinaria de Petróleo, das companhias off-shore e do turismo.

Não existe fonte de água doce em Curaçao. Uma fábrica de água desenvolveu um processo de dessanilização da água do mar; o superaquecimento das caldeiras faz com que a água evapore e o sal fique depositado. O vapor é resfriado e a água sai pura e límpida em todas as torneiras da Ilha. Essa mesma fábrica gera a energia da Ilha.

Informações sobre pacotes turísticos:

Azul Profundo (http://www.azulprofundo.tur.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *